Ensaio sobre a cegueira

Blog dos bastidores do filme Ensaio sobre a cegueira. Muita gente vai discordar de mim, mas não gostei do filme. Detalhe: não li o livro.

Diário de Blindness.

5 comentários:

C. Proscurchim disse...

O livro é igual ao filme .
Saramago não queria que transcrevessem o seu livro para o cinema , mas nem ele mesmo se conteu de emoção quando viu sua obra na telona.
Tanto o filme quanto o livro são
" delicados " por conta dos assuntos e das situações . Na verdade o que Saramago quis dizer é que quando você pensa que ninguém esta olhando você mostra quem realmente é .

Karina disse...

Pois é, tenho percebido que quem não leu o livro não gostou do filme, e quem leu o livro gostou do filme tanto quanto do livro... Talvez a mensagem fique incompleta só com o filme...

Ana Medeiros disse...

Leticia, eu assisti o filme e li o livro. Digamos que o filme não tem a mesma emoção, mas gostei muuuito!

Camilla Borges disse...

É, amiga, vou discordar de vc...
Foi o único filme que fizeram em cima de uma obra literária que gostei... Bem fiel ao conteúdo e surpreendente...
Adorei!!!

Andrea Guim disse...

Oi, Letícia!

Eu li o livro e amei! Fiquei super ansiosa para ver o filme. Achei bom, bem feito, bem dirigido, mas penso que quem não leu o livro perde muito. Vi com meu marido que não leu o livro, e tive de esplicar-lhe algumas coisas que ficaram meio que no ar...
Beijins!

Obrigada pela visita.Volte sempre.